Voltar para a página inicial
Rua Geraldo Pinhata, 32 sl 3 - Cep 13280-000 Vinhedo-SP - Tel: (19) 3876-5162
  Home  |  Quem somos  |  Para Publicar  |  Loja Virtual  |  Fale Conosco  
 
ARTE E CULTURA
· Arte
· Cultura
COLEÇÃO TERRA
· História
HORIZONTES ACADÊMICOS
· Arte
· Comunicação Social
· Economia
· História
· Pedagogia
· Política
· Sustentabilidade
· Teatro
· Teoria Literária
· Tradução
LITERATURA
· Biografia
· Cartas
· Contos
· Diário
· Poesia
· Romance
LITERATURA INFANTIL
· Literatura infantil
REVISTAS
· Estudos de Literatura
 
Meu cadastro  :::  Carrinho de compras :::  Comprove seu pagto  :::  Fale Conosco  
  Horizontes Acadêmicos >>> Teoria Literária
 
Carolina Maria de Jesus: o estranho diário da escr
 
 R$ 49,90
 
Descrição
Título: Carolina Maria de Jesus: o estranho diário da escritora vira lata
Autora: Germana Henriques Pereira de Sousa
Páginas: 208
ISBN: 978-85-99279-40-3
Formato: 15,5x22cm

Hoje, passados 50 anos da incursão meteórica de Carolina Maria de Jesus nas letras brasileiras, com a publicação de Quarto de despejo (1960), não há dúvida de que a escrita autorreferencial dessa autora que define como mulher, negra e pobre instaura no tecido social e no campo literário a voz pujante da mulher subalterna que não apenas tem uma aguçada percepção dos mecanismos de exploração a que está submetida, bem como de seu papel de interlocutora e mediadora da “gente favelada”, mas também faz de seu impressionante relato testemunhal um objeto de denúncia e luta. No entanto, pode-se perguntar o que de fato acontece quando esta subalterna fala através de sua escrita das margens? Em que espaços essa fala é articulada? Em nome de quem e para quem? E, principalmente, a que tipo de escuta essa escritora extraordinária, sensível e articulada foi e tem sido submetida? Se, por um lado, sua obra nos força, de maneira incômoda e insistente, a efetuar uma fratura necessária no campo discursivo e literário, por meio de sua narrativa de testemunho e de sua produção literária, e na vida social, pela inserção de um discurso das margens e da periferia como uma forma de intervenção política; por outro, sua ainda marginalização frente ao cânone literário, bem como o pouco conhecimento do conjunto de sua obra, nos leva a refletir sobre o porquê de uma escuta tão tímida e enviesada. Essas são algumas das questões que Germana Henriques Pereira de Sousa, professora do Instituto de Letras, da Universidade de Brasília - UnB, se propõe a discutir neste relevante estudo ao acompanhar o trajetória de Carolina Maria de Jesus como escritora - tanto de ficção quanto de diários - no Brasil e no exterior, passando de sua posição de favelada destituída a best-seller internacional e, ao fim da vida, como uma escritora ímpar relegada ao esquecimento e ao isolamento.
Sandra Goulart Almeida
Prazo de entrega
10 dias úteis após comprovação do pagamento.
 
Voltar
Pensamento intruso: Jean-Luc Nancy & Jacques Derri
R$ 55,90
Literatura brasileira contemporânea: um territótio
R$ 49,90
Propriedades e disputas
R$ 49,90
Alegorias da poesia
R$ 49,00
 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro